Ednas

Ednas

domingo, 27 de março de 2011

Estou em menopausa!

Depois de uma consulta com um médico maravilhoso (Dr. M),  me senti bem melhor.
Eu estava muito preocupada em entrar na menopausa precoce por causa da quimioterapia.
Entretanto ele me indicou uma medicação: Lectrum - que fará a proteção do óvulo durante este período. A medicação induz a menopausa.
Comecei a tomar a medicação em 25 de março de 2011.

terça-feira, 22 de março de 2011

Caiu o chão....

Meu marido me ligou dizendo que estava no hospital (onde trabalho). Eu não entendi o porquê, pois de tanto me falaram que era para eu ficar tranquila, que daria tudo bem na minha biópsia eu até tinha parado de pensar.
Então ele me disse que tinha vindo de Taquara porque a gineco queria falar pessoalmente comigo e com ele.
Puxa, nessa hora passou um filme na minha cabeça. Eu perdi o chão.
Comecei a chorar sem parar e fui para sala da Eloá, pois eu estava em consultoria com o estatístico do meu trabalho de mestrado - que é na sala ao lado.
Eu falei pra ela: "Eu estou com câncer". Ela tentou me consolar, mas não tinha como....
Então durante todo o caminho até o consultório eu fui chorando.
O Diogo me falou que não sabia de nada.
Então quando cheguei lá e entrei na sala e ela já pegou um copo de água.
Então não precisava falar mais nada...
O primeiro pensamento que me apareceu é que é uma doença grave, que vou morrer, que vou perder todo meu cabelo, que o Diogo vai perder a admiração por mim, vou ter que cancelar meu mestrado, vou ter que parar de trabalhar, ...
Por que? Por que aconteceu isso?

segunda-feira, 21 de março de 2011

Como tudo começou...

Comecei a palpar um nódulo na mama esquerda (fevereiro de 2011). No início mostrei para algumas pessoas, mas todos me falavam que era normal, que muitas mulheres tinham e que eu não deveria me preocupar. Infelizmente era difícil de esquecer, pois o nódulo parecia muito grande.
Então marquei de ir na ginecologista. Na consulta ela me questionou se alguém da minha família tinha ou teve câncer de mama. Eu respondi que não. Então ela me disse que a chance de ser um câncer era muito pequena, mas mesmo assim me pediu exames para revisar.
Também achei que seria difícil de ser um câncer, pois em fevereiro de 2010 eu já havia feito ecografia mamária e não tinha nada de nódulo, pois minha amiga (Flávia) teve câncer de mama e fiquei preocupada pois ela disse que custou para descobrir.
Pois então fiz a ecografia e o médico me falou que o nódulo havia 2,7cm. Me impressionei com o tamanho e fiquei muito apreensiva. Na hora saí da sala de exames e fui pro banheiro chorar. Cheguei em casa e meu marido pediu que eu ficasse tranquila, que ele já tinha ligado pra minha ginecologista e que era quase certo que seria um fibroadenoma (17/03/2011)
Mas eu realmente só ficaria tranquila após a biópsia. Então agendei a biópsia para o dia 23/03/2011. Meu marido me acompanhou durante o exame, pois eu estava muito nervosa.  A médica solicitou urgência para o laboratório de patologia e disse que no dia seguinte iria me ligar para dar o resultado. Mas que era para eu ficar tranquila que tudo sairia bem.
Mesmo assim quase não consegui dormir....